08 dezembro 2009

Bola de Futebol

Nesse final de semana que passou, houve um certo episódio que me fez pensar e refletir naquilo que eu já acreditava ser verdade. E de fato só acrescentou.

Em resumo, eu saí com meu sobrinho ao shopping aqui em Belo Horizonte, e tinha aqueles quiosques de presentes de natal no meio do corredor… o jovem vendedor me parou e mostrou uma bola presa a um elástico que ao jogá-la ela volta com força na sua mão, mas naquela ocasião o rapaz errou o “catch” e a bola bateu no rosto dele… logo pensei, é, meu sobrinho não irá querer, isso vai machucá-lo e tals…

Aconteceu o contrário, meu sobrinho insistiu muito por essa bola: “Ahhh, eu quero, eu quero uma, eu quero”. Só pra constar, a essa altura ele gritava e berrava chorando querendo a bola que bate na cara e nenhuma outra mais. Mas eu havia prometido a ele uma bola de futebol, e não aquela bola maluca. E disse a ele com calma assim: “Gabriel, essa não foi a bola que te prometi, a gente vai atravessar a rua e comprar uma bola bonitona pra voce, vamos?”. E ele parou, e me acompanhou.

E claro, atravessei a rua e comprei a bendita bola de futebol que havia prometido, no caso, ele escolheu uma bola azul, forçou pra pega-la, agarrou com todas as forças e saiu pela loja praticamente exibindo o seu ganho, mais ou menos “eu tenho uma bola azul, la lala la lalaaaa”… achei super interessante esse fato e refleti muito sobre isso.

Conseguem pensar em algo para se aprender na vida a partir desse episódio?

Pense em Deus… pense em Deus na figura do tio na hora da bola que bate na cara… eu naquele momento sabia que a bola que bate na cara não era uma coisa boa ao meu sobrinho que só tinha 5 anos… eu sabia por ter uma PERSPECTIVA sobre a vida e sobre as coisas da vida muito mais apurada que meu sobrinho de 5 anos… e por isso eu tive a sabedoria de dizer NÃO pra ele, sem machucá-lo, por mais que ele chorasse, eu precisava manter o NÃO a ele… e assim Deus também nos faz… se Ele achar que não vale a pena para a nossa vida, Ele irá dizer NÃO…

Da mesma forma, eu, o tio, já sabia que ao atravessar a rua, eu poderia dar essa felicidade ao meu sobrinho dando a ele a tão desejada bola de futebol… e que meu sobrinho ficaria super satisfeito e que até esqueceria da bola que bate na cara… enfim, Deus irá nos dizem um SIM, aliás, todos os SIMs que existirem… se nos fizer o bem e trazer a felicidade, tenha essa fé meu irmão, Deus lhe dirá um SIM maior que o próprio mundo.

Tenha fé, irmão, que Deus sabe que ao atravessar uma rua, atravessar um momento seu, atravessar uma dificuldade, Deus sabe que o presente que Ele lhe prometeu trará uma felicidade tamanha que nem mesmo saberemos a reação. Por isso não insiste demais no “Eu quero, eu quero essa bola que bate na cara, eu quero, quero agora, eu quero” porquê a PERSPECTIVA de Deus te dirá o NÃO com toda sabedoria, e o seu SIM está a sua espera, basta ter FÉ.

Tenha fé.

"Respondeu-lhe o Senhor: Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Arranca-te e transplanta-te no mar; e ela vos obedecerá" (Lc 17.6).

Comentários
2 Comentários

2 comentários:

Anônimo disse...

"porquê a PERSPECTIVA de Deus te dirá o NÃO com toda sabedoria, e o seu SIM está a sua espera, basta ter FÉ."
bela mensagem amigo, mostra muito o que estamos vivendo nos dias de hoje, isso inspira o nossos corações... pois Deus é nosso agricultor e ele nos poda em Cristo para darmos muito fruto... forte abraço. Graça e PAz

João Paulo Cheab disse...

É claro meu irmão... e acredite, toda terra para ser cultivada deve estar transponente... então, abra e deixa Cristo fluir no seu dia, mas não fique bitolado, pois assim como a terra, se há muito adubo ou muita água, pouco se colherá... mas é importante a presença constante em todos os momentos. Obrigado pela leitura e pelo comentário. Estamos juntos nessa. Irmãos em fé, irmãos em Cristo.

Postar um comentário

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Gabriel Cirino | EternaWM